Francisco Brennand conversa sobre pintura e outras artes em seu ateliê

Há poucos dias, quando se preparava para a exposição que inaugura nesta quarta-feira (5/12/2012), o artista plástico Francisco Brennand decidiu trabalhar mais um pouco em uma das pinturas que mostraria ao público. Isso porque o amarelo que coloria a blusa da menina retratada não tinha o tom desejado pelo artista. Cuidadoso, ele colocou a tela de volta no cavalete e continuou a criação com suas tintas e pincéis. “Eu queria que tivesse a cor de uma barra de enxofre, uma amarelo mais contido. Queira que ela se integrasse ao fundo, que já tinha muito amarelo”, afirma o artista. Esse retrato está entre as cerca de 20 obras inéditas que compõem a mostra Francisco Brennand – pinturas, em cartaz a partir das 19h30, no Espaço Brennand.

“Há uma frase de Cézanne, um dos mais importantes pintores, de quem Picasso é fiel devedor, na qual ele diz que não existe obra acabada, existe quatro abandonado. Quando diz que um quadro está terminado, conversa! Se tivesse ficado comigo, ele ainda sofreria uns retoques, certamente”, continua o artista plástico em outro momento da entrevista em sua Oficina Cerâmica Francisco Brennand, na Várzea.

No plano inicial, essa exposição, que tem curadoria do artista plástico Pedro Frederico, teria 17 obras. Mas o número cresceu com o passar do tempo. Agora são 26 pinturas – paisagens e figuras humanas. “Fiz questão de dizer que todos seriam de 2012, não haveria motivo para não sê-lo. Mas, às vezes, o calendário em si não coincide com o seu trabalho diário e eu tinha pelo menos quatro quadros do ano passado que correspondiam ao grupo. Seria injusto para com eles se eu não os incorporasse nesta exposição. Hoje de manhã (anteontem), só para chatear, pintei mais uma obra, chamada A atriz, espero leva-la. Não gosto muito de números pares”, afirmou o artista.

Com tal dedicação, a produção do pernambucano, que já é numerosa, vai ganhando novas obras. No ateliê dele, esperando as próximas pinceladas, há uma tela repousada no cavalete e outra apoiada em uma das estantes repletas de livros que circulam a sala.

Assim como eles, Brennand espalha conhecimento e conversa sobre assuntos como sua trajetória artística na cerâmica e na pintura, história da arte, televisão, mulheres, a luz do céu do Recife e o cinema: “O cinema é uma espécie de sonho acordado. Você não pode viver sem cinema, eu não posso viver sem cinema. Assisto de tudo. Nada pode ser tão desprovido de valor que não tenha uma frase, uma cena para você. O cinema tem de encontrar os caminhos sutis. O silêncio é expressivo”.

No ateliê do artista também há fotos, os recortes que ele usa como inspiração, presentes e objetos – como um relógio centenário de Trinidad e Tobago e máscaras. O artista fala sobre cada um deles com disposição, contrariando a ideia que alguns fazem sobre ele.

“O fato de morar isolado contribuiu para uma lenda equivocada, a de ‘O solitário da Várzea’. Eu gosto de conversar, de trocar ideias. Como diria um amigo meu, não há nada pior que sofrer de conversa atrasada (risos). Quando saio do ateliê, converso com as pessoas e elas dizem: ‘Como o senhor é simples’. Sou simples mesmo, as pessoas fazem uma ideia diversa daquele que sou por causa do distanciamento”, conta Brennand, que cita o exemplo de uma vez em que um grupo de visitantes descobriu que ele estava no ateliê: “Estava pintando quando, de repente, ouvi uma algazarra. Uns vinte estavam colados na vidraça e me viram. Notei que eles queriam se divertir. Primeiro, tirei a tela do cavalete e levei para mostra-la perto da janela. Depois coloquei uma dessas máscaras”, brinca o artista.

Ateliê do artista fica na Oficina Cerâmica Francisco Brennand, na Várzea, que fica aberta a visitas do público. Foto: Eugênia Bezerra

O texto foi originalmente publicado no Jornal do Commercio.

Um comentário sobre “Francisco Brennand conversa sobre pintura e outras artes em seu ateliê

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s