Game of Thrones volta com novos personagens e alianças

Aviso: O texto contém spoilers.

Em outras séries, o desenrolar da cena em que um personagem muito importante ficou gravemente ferido poderia ser considerado o suficiente para iniciar a próxima leva de episódios. Mas este não é o caso de Game of Thrones (GoT). Outros personagens importantes terminaram a quinta temporada em situações limítrofes e, com isso, não é apenas o destino de Jon Snow (Kit Harington) que gera expectativa na volta da produção à HBO, neste domingo (24/4), às 22h (o canal por assinatura estará com sinal aberto).

Além disso, a partir de agora, quem acompanha As Crônicas de Gelo e Fogo não terá tantas informações a mais em relação à outra parte do público – exceto nos prováveis flashbacks e no caso de resgate de algo que até o momento tenha ficado apenas nos livros. Já as especulações sobre o futuro dos habitantes dos Sete Reinos de Westeros continuam fortes, com fãs costurando os retalhos do que havia nos livros aos mínimos detalhes das cenas divulgadas aos poucos pela HBO.

Neste clima de investigação, o penteado de um homem que aparece rapidamente no trailer foi o suficiente para que alguns relacionassem aquela silhueta ao Lord Eddard “Ned” Stark (Sean Bean) e a prováveis cenas na Torre da Alegria. A sequência pode confirmar se Rhaegar Targaryen e Lyanna Stark são os pais de Jon Snow (Kit Harington) – o que faria sentido, inclusive, pelo fato de Ned guardar tanto segredo sobre a identidade da mãe de seu “filho bastardo”.

Jon Snow

Falando em Jon Snow, a esta altura muitas pessoas já deixaram de questionar se ele teria sobrevivido ou não para imaginar em quais circunstâncias o personagem voltará (Kit foi visto nos locais de gravação e o tamanho do cabelo dele é “vigiado” como um indício de que ele continua na série). Em se tratando de Game of Thrones, todos sabem que um personagem relevante para a narrativa ou muito querido pelo público pode morrer, ao contrário do que ocorre em muitas séries. Como aconteceu com o próprio Ned e com o filho dele, Robb Stark (Richard Madden), com Khal Drogo (Jason Momoa), Oberyn Martell (Pedro Pascal)…

Mas, após tantas indicações da relevância dele na batalha de Hardhome, é bem plausível acreditar que o personagem permanecerá em GoT, mesmo que por pouco tempo ou transformado. Há quem acredite que Jon pode ter entrado na mente do lobo Fantasma por ser um “warg”. Outros apostam que ele será ressuscitado por Melisandre (Carice van Houten) – e sabe-se que a pessoa não sai incólume deste processo.

Sendo assim, em uma das cenas exibidas nos trailers da sexta temporada, Sor Davos Seaworth (Liam Cunningham), alguns patrulheiros da noite e o Fantasma poderiam estar protegendo o corpo de Jon à espera da Sacerdotisa Vermelha. Ela foi vista se lamentando por ter se enganado quanto à profecia do Azor Ahai – erro este que causou uma das mortes mais horríveis da série. E uma das sequências de confronto da prévia divulgada pela HBO seria da Batalha dos Bastardos, grande embate entre as tropas de Jon Snow e Ramsay Bolton (Iwan Rheon).

O primeiro episódio da sexta temporada de GoT foi intitulado The Red Woman (A Mulher Vermelha). Pode ser uma referência à Melisandre, ou uma menção a uma outra sacerdotisa vista em um dos trailers. A sinopse dá uma dica: “Sobreviventes de todas as partes de Westeros e Essos se reagrupam para seguir em frente, inexoravelmente, na direção de seus incertos destinos individuais. Rostos familiares vão forjar novas alianças para fortalecer suas chances estratégicas de sobrevivência, enquanto novos personagens vão emergir para desafiar a balança de poder no leste, oeste, norte e sul”.

Além do núcleo da série mais ligado a Jon Snow e a Black Castle, em vários outros personagens passaram por momentos importantes, que podem ser bem explorados pelos roteiristas. Sansa Stark (Sophie Turner) foi vista pela última vez saltando da
muralha de Winterfell para fugir com Theon Greyjoy (Alfie Allen). Em cenas divulgadas há poucos dias, ele convence a moça a entrar nas águas congelantes de um rio para despistar os cães de Ramsay. Resta saber que rumos tomará a história deles a
partir deste ponto, já que as mudanças em relação ao que ocorria com a jovem nos livros foi muito criticada por parte dos fãs.

Quem sabe Sansa reaja e mostre sua força como a irmã, Arya (Maisie Williams), já que na divulgação desta temporada da série as presenças femininas estão sendo destacadas. Agora sem enxergar, Arya segue em seu difícil treinamento na Casa do Preto e do Branco. O irmão delas, Bran (Isaac Hempstead-Wright), volta à série e tem um encontro com o Rei da Noite, provavelmente por uma visão, já que ele aparece em pé na cena.

Outra que teve sua vida bastante modificada no fim da quinta temporada foi Daenerys Targaryen (Emilia Clarke), levada pelos dothraki em condições nada favoráveis. O anel que ela deixou cair no campo como pista foi encontrado pelo Sor Jorah Mormont (Iain Glen). Resta saber se ele e Daario Naharis (Michiel Huisman) terão como ajudá-la. Outra possibilidade é que a própria Daenerys veja que um dos seus dragões sobrevoa o local onde ela está e resolva a situação sozinha. Enquanto isso, Tyrion Lannister (Peter Dinklage) colocará mais uma vez suas habilidades à frente de um reino, na ausência de Daenerys.

Em Porto Real, a reação de Cersei Lannister (Lena Headey) após ter sido libertada promete: “Eu escolho a violência”, já disse a personagem em uma das cenas divulgadas pela HBO. O irmão dela, Jaime (Nikolaj Coster-Waldau), voltou com o corpo da filha
e é visto liderando um exército Tyrell, possivelmente para libertar Margaery (Natalie Dormer) ou Tommen (Dean-Charles Chapman).

Enquanto os personagens vivem seus desafios pessoais, os grandes eixos da trama continuam seguindo seu curso. Além da disputa pelo Trono de Ferro, existe a proximidade cada vez maior dos Caminhantes Brancos. A batalha em Durolar foi um
grande momento da quinta temporada, então, como ficará a situação dos patrulheiros e homens livres depois do que aconteceu?

Para a sexta temporada, a HBO não exibiu antecipadamente o primeiro episódio para divulgar a produção seguindo os moldes de anos anteriores – talvez como uma tentativa de dificultar que o material fosse parar na internet antes de ser exibido na TV, como aconteceu em 2015. A estratégia também acaba ajudando a manter o mistério em torno do desfecho de Jon Snow – Kit Harington também não compareceu ao tapete vermelho de Game of Thrones em Los Angeles.

O texto foi publicado originalmente no Jornal do Commercio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s