Lançamentos e nostalgia se misturam com Mauricio de Sousa na CCXP Tour

O painel com o cartunista Mauricio de Sousa marcou o início da CCXP Tour Nordeste na tarde desta quinta-feira (13/04), após uma breve apresentação feita por alguns jornalistas do portal Omelete (um dos organizadores do evento). Mauricio entrou no palco muito aplaudido pelo público que ocupava boa parte do Teatro Guararapes, chamado de auditório Twitch durante a convenção de cultura pop. Ele retribuiu a calorosa recepção com simpatia e, junto Marcos Saraiva, Sidney Gusman e Bruno Honda, apresentou uma série de lançamentos – entre longas-metragens, séries para a TV, websérie e histórias em quadrinhos.

Cada novidade despertava também um pouco de nostalgia, já que muita gente ali cresceu acompanhado pela Turma da Mônica, e os personagens continuam dialogando com as novas gerações, nos gibis, na TV, no cinema ou na tela do celular; com o traço burilado por Mauricio de Sousa ao longo do tempo ou estilo minimalista.

Com humor, Mauricio de Sousa e seu grupo contornaram uma falha técnica que acabou configurando um “spoiler” da apresentação, quando um vídeo foi exibido antes do momento previsto no telão. Entre os lançamentos mostrados para a plateia estão dois longas-metragens que devem estrear em 2018, com os personagens sendo interpretados por atores.

Filmes

“Mesmo quando a gente estava criando histórias, usando tinta, lápis e tudo mais, para nós os personagens eram uma coisa viva, dinâmica. Eram, para nós, carne e osso. Eles existiam, como existem para muitos de vocês. Era isso que eu sentia. Cada vez que nascia um personagem, eu sentia que estava nascendo um filho. E haja filho, são 400 personagens. Para não ficar para trás, eu tive dez filhos”, brincou Mauricio de Sousa.

Um dos filmes é inspirado na graphic novel Turma da Mônica – Laços (2015), de Vitor Cafaggi e Lu Cafaggi. O primeiro personagem com “intérprete” definido é Floquinho (o vídeo com imagens do filhote foi um “momento fofura” do painel). O outro filme tem como ponto de partida os personagens da Turma da Mônica Jovem. A plateia assistiu a um dos vídeos publicados no canal de YouTube da personagem Ramona.

Outros dois personagens da história devem ter ligação com as redes sociais. Também foi criado um site para o longa Turma da Mônica Jovem – O Filme, pelo qual as pessoas podem se inscrever para participar da seleção do elenco.

Mônica Toy

Falando em YouTube, a websérie Mônica Toy foi um dos destaques do painel. “Ela começou como um projeto de websérie para o canal e já passou de uma centena de episódios. Esses personagens que existem há mais de 50 anos, nós pegamos e encapsulamos num conteúdo bem minimalista. A ideia era fazer algo que celebrasse esse público que cresceu (com a Turma da Mônica), que ainda lê gibi. É para o fã de qualquer idade assistir em qualquer lugar e em qualquer tipo de tela. A resposta para isso é Mônica Toy“, contou Marcos Saraiva.

A reação da plateia acabou confirmando que a websérie dialoga com o público de diversas idades. “Minha filha ama”, gritou uma mulher de uma plateia. Logo em seguida, um adulto completou: “Eu também!”.

Sem diálogos, Mônica Toy também se conecta a público de outros países. Apesar do Brasil ocupar o primeiro lugar no registro de visualizações, metade da audiência está fora do país. Rússia, Estados Unidos e México, nesta ordem, são os países que mais assistem à série.

Para a TV

A websérie Mônica Toy foi o primeiro projeto apresentado de um mapa com produções audiovisuais previstas para um período que vai até 2023. Entre elas estava uma série para TV que celebra o traço de Maurício de Sousa: Bairro do Limoeiro deve estrear em 2018 no Cartoon Network. Foram mostradas várias cenas, que brincavam com as características dos personagens. A reação do público foi positiva.

Para o mesmo canal por assinatura está sendo preparada uma nova temporada da série A Turma da Mônica Jovem. Os novos episódios devem estar no ar ainda em 2017. Também foi anunciado que o público vai eleger, por meio de uma campanha digital ainda não lançada, o primeiro personagem contemplado em uma série de spin offs.

Graphic Novels

Chico Bento – Arvorada é uma das obras da Mauricio de Sousa Produções que está disponível na CCXP Tour Nordeste. O autor da obra, Orlandeli, estará no estande da Panini, sábado (15/4), a partir das 14h30, para uma sessão de autógrafos. O próprio Mauricio de Sousa, por sinal, passa pelo mesmo estande nesta sexta-feira (14/4), às 13h30, para fazer fotos com o público (haverá distribuição de senhas para os dois casos).

Durante o painel dessa quinta-feira (13/4), também se falou sobre a edição capa dura de Clássicos do Cinema Turma da Mônica – Horacic Park; a quarta edição da Revista Turma da Mônica Jovem, Mônica e o Cavaleiro, que é um crossover da obra de Mauricio de Sousa com a de Osamu Tezuka.

O texto foi originalmente publicado no Jornal do Commercio.

Um comentário sobre “Lançamentos e nostalgia se misturam com Mauricio de Sousa na CCXP Tour

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s