Condomínio leva personagens da cartunista Laerte para o Canal Brasil

Fotos: Chatrone

A produtora Chatrone aporta no Recife em busca de talentos fora do eixo Rio-São Paulo para seus novos projetos de animação. A ideia é que a série Condomínio, uma coprodução com a Migdal Filmes, seja a primeira a ser desenvolvida no novo estúdio montado na capital pernambucana. Os personagens da história são criações da cartunista Laerte e a primeira temporada, formada por 10 episódios de 11 minutos, será exibida pelo Canal Brasil.

No portfólio dos fundadores da produtora, a showrunner e roteirista brasileira Carina Schulze e o produtor norte-americano Aaron Berger, está o longa-metragem Festa no Céu (2014, Fox). Eles são os produtores executivos do filme indicado ao Globo de Ouro e vencedor do Annie Award. Com experiência em produções como Dino Aventuras (2015, Disney Channel) , o produtor Rodrigo Olaio passou a integrar a equipe da empresa em 2016 e é o responsável pelos projetos de animação da Chatrone América Latina.

“Nos Estados Unidos, a Chatrone também produz e representa estúdios de animação. Já em 2016 a gente começou a avaliar a possibilidade de abrir estúdios assim no Brasil. Fomos estudando isso, quantas pessoas teria, onde seria. Achamos que o mercado no Rio-São Paulo estava saturado. E um dos problemas do mercado de animação no Brasil é que a gente tem muita dificuldade em fazer coisas grandes, com muitos episódios. Séries como Peixonauta, O Show da Luna, Mundo Bita conquistaram seu mercado, são feitas com uma grande quantidade de episódios. A ideia de montar um estúdio que fosse capaz de trabalhar com muitos episódios sempre foi nossa meta”, lembra Rodrigo.

O contato com o diretor de animação Alisson Ricardo permitiu que o produtor conhecesse mais sobre a produção pernambucana. “Fui me apaixonando pelo que encontrei. Muitas das pessoas com quem a gente lidava tinha muita instrução, isso chamou nossa atenção”, ressalta ele, que continua: “Começamos a estudar opções e encontramos no estado de Pernambuco animadores extremamente talentosos, com alto grau de profissionalismo e com um ponto de vista diferente. A ideia é nos afastarmos dessa saturação no eixo Rio-São Paulo e ajudarmos a incentivar esse mercado numa região com excelentes profissionais, que tem tudo para crescer”.

A Chatrone planeja iniciar suas atividades no Recife em agosto. “Já temos projetos em andamento com Alisson, estamos conversando com o Porto Mídia e a Secretaria de Cultura, pensando em algo como um curso de animação gratuito. A ideia é que a gente consiga formar uma quantidade razoável de mão de obra. Estamos procurando espaços físicos, negociando, fazendo a preparação”, adianta Rodrigo. “Outra coisa que aconteceu é que fizemos uma rodada com alguns estúdios maiores de fora do Brasil em busca de sócios. Logo mais teremos a resposta, para abrir o estúdio com mais dinheiro e estrutura, com intercâmbio de profissionais”, planeja.

Por enquanto, Condomínio é a série que já tem acertada uma janela de exibição. “Vai ser feita pelo Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e a gente trouxe mais personagens (em relação à HQ). É uma comédia surreal, tem uma crítica à sociedade com um tipo de humor mais ácido”, descreve Rodrigo.

Além da série com a cartunista Laerte, pensada para o público de 18 a 35 anos, há outras animações em desenvolvimento na Chatrone. Para elas serão utilizadas técnicas distintas.

Mechanicals é uma série 2D sobre Theo, um menino de 11 anos que tem um robô como melhor amigo, Alex. Ela tem 26 episódios de 11 minutos cada. Uma menina de 13 anos de idade, Violeta, é a personagem principal de Super Punk. Ela mora em uma cidade pequena, que tem sua tranquilidade abalada por monstros gigantes que só ela vê. As criaturas são combatidas pela pré-adolescente com os poderes que ela conquista ao escutar punk rock.

Mechanicals é um projeto que estamos desenvolvendo há algum tempo, que acreditamos estar pronto para levar ao mercado e o Annecy (festival na França) é a oportunidade ideal para isso. Já Super Punk é uma história criada por Guilherme Petreca, um dos autores de HQs mais talentosos da cena independente do Brasil”, afirmou Carina Schulze na apresentação da iniciativa.

Super Punk

“Levar os dois filmes é uma tentativa de começar o processo de apresentá-los ao mercado. Super Punk é mais teen, voltado para o público de 9 a 12 anos. Violeta usa uma fita que ganhou do avô e se conecta a ele usando um walkman. Ele tem uma estética muito baseada na HQ”, comenta Rodrigo.

SUPERPUNK_Mifa_Chatrone

Mechanicals

Sobre Mechanichals, pensada para crianças de 7 a 10 anos, ele diz: “O menino Theo e o robô Alex vivem num futuro próximo. Os pais de Theo são astronautas e criam uma família de robôs para ficar com ele durante uma missão que eles precisam fazer. Como o experimento foi feito muito em cima da hora, cabe a Leo ensinar os robôs a viver no mundo real”.

MECHANICALS_Mifa_Chatrone

Quixotes

Há também o longa-metragem Quixotes, uma coprodução da Chatrone com a GF Filmes (Argentina) e Kapers Animation (Inglaterra). “O trabalho de animação será dividido entre os três países, com o Brasil contribuindo principalmente com os processos de rigging, animação e a parte musical. O filme nasceu com base em um livro que admiramos muito e queríamos fazer uma animação à altura, com o melhor que cada um dos países tinha a agregar”, ressalta Rodrigo.

“O personagem principal é um menino que acredita ser da linhagem direta de Dom Quixote e quer viver uma aventura. Na vila onde ele mora vai chegar uma tempestade. Assim como na obra de Miguel de Cervantes, ele vai além do que os outros conseguem enxergar. Junto a isso tem uma visão sobre a especulação imobiliária, com pessoas que estão lucrando com a desgraça daquela cidade”, conclui o produtor.

* Texto publicado originalmente no Jornal do Commercio.

Um comentário sobre “Condomínio leva personagens da cartunista Laerte para o Canal Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s